Linha Verde e Vermelha podem ficar na mesma fábrica

Eng. Rafael Resende Silva

“O caso atípico de Mal da Vaca Louca foi confirmado pelo Ministério da Agricultura. A pasta informou que a doença apareceu de forma espontânea e esporádica e que não está ligada à ingestão de alimentos contaminados. E que já comunicou a Organização Internacional de Saúde Animal (OIE) e os países importadores de carne bovina brasileira”. (Globo Rural – Junho de 2019).

Apesar de não termos problemas que podem comprometer o nosso abastecimento, desde dos anos 90, a fiscalização tem sido rígida com esse assunto e foi imposto alguns pontos específicos para se produzir ração para bovinos.

No vídeo de hoje vamos atender ao pedido de mais um seguidor que tem duvida quanto a instalação de uma fábrica de ração qual produza ração de bovinos (linha verde) e ração de peixe (linha vermelha).

Para se instalar uma planta dessas é necessário atender alguns requisitos para que possamos garantir que a linha de bovinos não seja contaminada com os ingredientes de origem animal.

Os principais pré requisitos para são:

  1. Ter duas linhas produtivas sendo uma somente para linha verde e outra para linha vermelha;
  2. Separação física entre as duas fábricas são obrigatório;
  3. Separar as matérias primas de forma que não haja como contaminar a linha verde;

Nesse vídeo vamos focar na parte de produção, pois existem outro requisitos para garantir a segurança produtiva mas que não é foco agora.

O principal dessa linha produtiva é manter a linha verde próximas a recepção de forma que a na primeira dosagem ela consiga fornecer produtos para as seguintes linhas que vimos no vídeo:

  1. Peletizado;
  2. Farelado:
  3. Linha Vermelha.

Dessa forma para atender as 3 linhas ao mesmo tempo é necessário que a linha de produção tenha uma alta produtividade de farelado, e esse calculo de produção deve ser feito de acordo com as outras linha que serão instaladas.

Por exemplo se tivermos uma linha de PELETIZADO de 15 ton/h, e uma linha de EXTRUSÃO de 6 ton/h no mínimo será necessário ter uma linha de farelado de 30 ton/h, pois além de abastecer o peletizado e  a extrusão essa fábrica ainda tem produção de ração FARELADA.

E além de analisar o processo atual, é necessário também prever as futuras expansões, pois é muito comum a empresa perceber que em pouco o processo produtivo que ela possui está defasado e mesmo com 3 turnos de trabalho ainda sim será necessário aumentar mais uma linha.

Toda vez que for fazer um projeto de uma fábrica de ração, é necessário, fazer um planejamento produtivo para pelo menos os próximos 5 anos, prevendo possíveis necessidades de expansão e com isso já deixar planejado áreas para construção e equipamentos sobressalentes.

A produção de proteína tem sido o carro chefe da nossa economia logo atrás da produção de grãos e por isso temos que cuidar do nosso processo produtivo e respeitar a legislação para continuar fazendo o nosso melhor e abastecendo o mundo com nossos produtos.

Vou ficando por aqui pessoal, espero esclarecer as duvidas sobre esse assunto, caso precisem de alguma informação a mais estou a disposição

Forte abraço e até a Próxima!

Eng. Rafael Resende Silva

VIDEO YOU TUBE

SUGESTÃO DE LEITURA

Linha Verde – Produzindo Ração sem ingredientes de origem animal

Linha Vermelha – O avanço da proteína animal

Linha Branca – O ganho de peso através da Mineralização

2 thoughts on “Linha Verde e Vermelha podem ficar na mesma fábrica

  1. Leandropayva

    Olá! Alguém pode me ajudar?
    Qual empresa oferece os melhores equipamentos para uma MINI fabrica de ração???

    Reply

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *