Reaproveitamento de pescados ajuda a alimentar pets

Na onda da sustentabilidade, empresa transforma resíduo de proteína animal em alimento para pets, gera emprego e fomenta mercado local em SC

Discutida em diversas esferas nacionais, o sistema de reciclagem é assunto de extrema importância. Sempre em busca de um futuro cada vez mais sustentável e melhor pra viver, profissionais da área procuram formas, de como reaproveitar ou reutilizar subprodutos, rejeitos, materiais descartados, sejam eles: plástico, isopor, metal, vidro, papelão e eletrônicos.

E é pensando na sustentabilidade, na defesa do meio ambiente, na geração de emprego e, ainda, na qualidade das rações para gatos, que a empresa catarinense Agroforte tem a missão de promover a reciclagem de ingredientes para a alimentação animal.

Desde 2002, a indústria trabalha com excelência na coleta de resíduos de peixes, que não possuem mais valor comercial, e transforma essas sobras em óleo e farinha próprios para a reutilização na produção de ração para animais.

Cerca de 300 toneladas de resíduos de pescado, que seriam jogados em aterros sanitários, por dia, viram matéria-prima para as rações, que passam por um processo de reaproveitamento e se transformam em farinha e óleo. Desse insumo 25% é farinha, 5% é óleo e 70% é agua, que a empresa devolve tratada para o meio ambiente.

A Agroforte tem cerca de 700 empregos diretos e indiretos e impede que toneladas de rejeitos, por dia, sejam desperdiçadas e transforma esses resíduos em 220 toneladas de farinha e 320 toneladas de óleo por mês. Uma empresa totalmente voltada para o crescimento da sociedade e preocupada com a sustentabilidade.

Fonte: Estrutura de comunicação

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *