MT registra o maior volume de abate bovino dos últimos quatro anos

Os 4,97 milhões de bovinos abatidos até novembro representam um crescimento de 9,87% se comparado com o ano anterior.

O volume de animais abatidos em Mato Grosso, neste ano, cresceu 9,87% ante 2017, quando 4,53 milhões de animais foram para o abate. O número foi o maior registrado nos últimos quatro anos, totalizando 4,97 milhões de animais.

Na avaliação do Instituto Mato-grossense de Economia Agropecuária (Imea), neste ano, o pecuarista pôde observar “um panorama mais tranquilo, com os indicadores de oferta e demanda da bovinocultura mais alinhados, o que facilitou a análise do mercado”. Cenário que não ocorreu em 2017, quando o setor viveu “um dos anos mais voláteis da história da bovinocultura de corte”.

De acordo com o Imea, mesmo com a pressão da oferta sobre as cotações, a demanda interna conseguiu absorver essa produção de proteína bovina, e o preço médio anual do boi gordo de Mato Grosso variou positivamente 5,13% no comparativo anual.

Além disso, a recuperação da economia brasileira foi de extrema importância para essa valorização do boi gordo, visto que “as exportações mato-grossenses não tiveram um bom desempenho, com o volume de carne bovina enviado para fora do país recuando 0,21% neste ano”, pontua o boletim semanal do Imea.

Diante disto, 2018 destaca-se como um ano em que a oferta passou por um processo de expansão na bovinocultura de corte, justificada pelo atual momento do ciclo pecuário, no entanto, esse crescimento da produção foi superado pelo consumo interno.

Fonte: O Livre

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *