Média do suíno vivo é a menor para janeiro desde 2007

Na primeira quinzena do mês os preços se mantiveram estáveis devido a menor disponibilidade de animais em peso ideal para o abate

De acordo com os dados divulgados hoje pelo Centro de Estudos Avançados em Economia Aplicada (Cepea) mostram que a média da parcial de janeiro (até o dia 16), na região SP-5 (Bragança Paulista, Campinas, Piracicaba, São Paulo e Sorocaba), é a menor dos meses de janeiro desde 2007. Nesta região o animal vivo foi negociado a R$ 3,93/kg.

Na primeira quinzena do mês os preços se mantiveram estáveis devido a menor disponibilidade de animais em peso ideal para o abate. Já a segunda quinzena tem preocupado os produtores, pois nesta época do ano as vendas de carne tendem a diminuir e por consequência a demanda pelo animal vivo.

De acordo com a pesquisa de varejo da Kantar, o mês de janeiro costuma ser de grande baixa para carne suína, em fevereiro costuma-se haver uma leve melhora, mas o consumo é retomado de fato no mês de março, com uma importante recuperação para o mercado.

Fonte:  Suinocultura Industrial

Deixe uma resposta