Nenhum comentário em

Produtores rurais recebem curso de implantação e manejo em piscicultura

Foto: Divulgação Assessoria de Comunicação
A Secretaria de Agricultura, Pecuária e Meio Ambiente (Sapma) mais uma vez trabalha em parceria com o Sindicato Rural de São Gabriel do Oeste, e mobiliza um curso de piscicultura para produtores rurais do município.
O curso, que foi realizado na Fazenda Formosa, de propriedade de Aparecida Vido, ocorreu entre terça (23) e esta sexta-feira (26), e contou com a participação de 14 pessoas. De acordo com a Sapma, a procura pelo curso foi grande, sendo que algumas pessoas não conseguiram realizar a inscrição, pois as vagas já estavam preenchidas.
“Esse curso já havia sido demandado no ano passado após um evento de piscicultura que realizamos no mês do Cerrado (Setembro), e hoje conseguimos propiciar a uma parte dos interessados a oportunidade de conhecer mais tecnicamente sobre a piscicultura”, afirma o secretário de Agricultura, Leo Grison.
O médico veterinário da Sapma, Lucas Giacon, reforça a importância do Sindicato Rural nesses eventos. “A parceria entre a Secretaria de Agricultura e Sindicato Rural é imprescindível para mobilização desses cursos de aperfeiçoamento técnico que são realizados pelo Senar”, diz Lucas.
O curso
O curso de Implantação e Manejo Básico de Piscicultura teve carga horária de 28 horas, e contou com 14 participantes, com idade superior a 18 anos, que tiveram aulas teóricas e práticas, que abordaram temas como: cuidados com o meio ambiente; cooperativismo; mercado atual da carne de peixe; implantação da piscicultura; manejo de viveiros; manejo da água; manejo geral de peixes; nutrição e cálculo de rações.
Durante o evento, foi realizada uma visita às instalações da Fazenda Formosa, que já conta com tanques escavados para criação de peixes, onde os participantes puderam compreender o funcionamento de uma piscicultura, e também puderam executar técnicas de manejo durante as aulas práticas.
Além disso, a Fazenda Formosa, doou um peixe da espécie Pintado, de 6kg, que serviu para uma aula prática de morfologia de peixes, e para uma demonstração de retirada do filé, que posteriormente foi sorteado entre os alunos.
O objetivo do curso, segundo o técnico do Senar Jorge Gindri, foi possibilitar que os produtores se atentem para todos os detalhes na execução de um projeto de implantação de piscicultura. “O futuro piscicultor deve se preocupar com detalhes desde a definição do local de escavação de um viveiro até o mercado consumidor de seu produto”, diz Jorge.
O encerramento do evento ocorreu na sexta feira (26) com uma visita ao Sisteminha da Embrapa instalado na Funpesg, onde já estão alojados alevinos de pacu, com o objetivo de demonstrar a tecnologia a produtores rurais.
Fonte: Idest

Deixe uma resposta